birdman [alejandro gonzález iñarritu, 2014]

birdman-01

já faz alguns dias que assisti ‘Birdman’ e sigo sem entender a razão desse filme existir. é um grande nada. o filme não passa do fator que é o maior responsável por sua fama – esse joguinho metalinguístico com Keaton-Birdman/Batman. a partir daí o filme fica andando em círculos, com Emma Stone e Edward Norton dando uns gritos de vez em quando, Keaton até sendo competente no seu papel, mas no fim das contas são só um pretexto pra ficar fazendo umas piruetas com a câmera, ficar mudando a iluminação [azul, vermelho, etc] pra impressionar alguns. pouco vale a pena aqui.

Anúncios
birdman [alejandro gonzález iñarritu, 2014]

casablanca [michael curtiz, 1942]

casablanca

humphrey bogart possui um dos rostos mais marcantes do cinema. cada ruga esculpida em seu rosto é como se fosse uma cicatriz de alguma desilusão que nunca deixa de arder. por isso que o sorriso de bogart sempre exala efemeridade. claro que essas características foram elevadas à máxima potência num dos grandes filmes do cinema, ‘no silêncio da noite’ de nick ray. mas isso não faz com que ‘casablanca’ deixe de ser um filme dolorido. mesmo se não soubéssemos a história de rick e ilsa, o necessário está no plano que mostra o rosto de ingrid bergman ao som de ‘as time goes by’.

casablanca [michael curtiz, 1942]